Domingo, 31 de Maio de 2009

 

Actualmente as actividades humanas (indústrias, escapes de automóveis, queima de combustíveis fósseis), lançam para a atmosfera muitas toneladas de compostos tóxicos como óxidos de enxofre, de azoto e de carbono e fumos que vão para a atmosfera. A chuva reage com estes gases, formando ácidos (sulfúrico e nítrico), que baixam muito o pH normal da chuva (é ligeiramente ácido – 5.6, devido à reacção da água com o CO2).

São os países mais desenvolvidos do hemisfério Norte os principais culpados, uma vez que lançam dióxido de enxofre e dióxido nítrico para a atmosfera sob a forma de vapor de água. Seguidamente, voltam para a Terra sob a forma de chuvas ou neve ácidas.

 

 

A palavra "smog" deriva do inglês ("smoke" + "fog") e é um fenómeno cada vez mais visível nas grandes áreas urbanas.

 

O nevoeiro fotoquímico, também conhecido por Smog, consiste numa mistura de poluentes primários (Monóxido de Carbono, Dióxidos de Enxofre e Azoto) e poluentes secundários como por exemplo o ozono, formados sob a influência da luz solar. Uma vez que o Smog está dependente do Sol, este tipo de poluição torna-se mais evidente nos dias de seca e de maior calor.

 

 

Perigos do nevoeiro fotoquímico para a saude publica...

  • Irritação e danos nos olhos, na pele e nos pulmões;
  • Seca as membranas protectoras do nariz e da garganta;
  • Provoca alterações no sistema imunitário;
  • Agrava também as doenças respiratórias como a asma daí que as pessoas portadora deste tipo de doença, e as crianças sejam mais vulneráveis a este tipo de poluição.
publicado por fisicaquimica12a às 13:33


mais sobre mim
pesquisar
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
23

24
25
26
27
28
29
30



arquivos
2009